Após campanha que comoveu a região, médicos dos EUA dizem que Valentina não tem tratamento - Quintana News - Notícias de Quintana/SP e região! '

Após campanha que comoveu a região, médicos dos EUA dizem que Valentina não tem tratamento


A mãe da pequena Valentina, a menina de 1 ano e 7 meses que foi diagnosticada com a síndrome Krabbe, doença rara que, entre os sintomas, faz perder a força dos músculos, publicou um vídeo emociante nos Estados Unidos contando que sua filha não tem mais tratamento.

No vídeo, Denise Guidi conta que está voltando ao Brasil após o tratamento nos EUA não ter dado certo. Valentina foi selecionada para uma pesquisa de um hospital de Pittsburgh, onde tentava um tratamento para a doença rara.

"Tiveram muitos exames, vários questionários e, enfim, a tão sonhada consulta da onde a gente tinha esperança. E é com muita tristeza e com o coração estraçalhado que eu digo a vocês que não deu certo. Os médicos afirmaram que a Valentina está com 90% do cérebro atingido e nos mandaram para casa", conta Denise.

A mãe explica que a doença é classificada em quatro níveis, e que os médicos americanos disseram que a filha dela se encontra no terceiro estágio, o que fez com que a equipe médica a liberasse para voltar para casa.

Ainda no relato, Denise relata que a menina piorou. "Quando começamos a negociar de vir para os Estados Unidos, a Valentina estava no primeiro estágio da doença, que se divide em quatro. Hoje, ela já está no terceiro. A médica afirmou que daqui três meses, ela vai piorar muito", explica.

Redação Quintana News
Com informações G1

Tecnologia do Blogger.